quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

AHA (Adonai Ha Aretz - Adonai manifestado sobre a Terra)


Adonai Ha Aretz
Há sete chaves na grande porta
Sendo oito em uma, e uma em oito
Primeiro deixa que teu corpo estejas quieto
Ligado pela força da Vontade
deixas quebrar a rigidez de teu corpo
e os pensamentos que interrompem a mente
Seguido do baixo ritmo respiratório,
fácil, regular e espaçado;
Para que teu ser estejas no tom,
com a ondulação pacífica do grande mar;
Movendo-se lentamente como uma palmeira ao vento.
Com a vontade de viver encadeada
Ao amor único e profundo,
deixas a mente divinamente livre do sentido,
observas tua indentidade.
Vigiais cada pensamento que te aparece,
Hora após hora tu vigiarás!
Intenso e afinado, em direção ao teu interior,
Sem pular um só átomo de reflexão.
Sobre uma coisa haja entendimento,
Silenciado todo o sussurro do vento,
Como uma chama reta e sem dor,
Inflamas teu ser com uma palavra,
e em seguida apazigüa o êxtase.
Prolongas a meditação desperta e profunda,
Matando toda a distração de ti,
focando sobre o tema escolhido,
Finalmente, todas estas coisas apoderam de ti
É Tempo agora que a flor da meia noite floresça
pois és uno, e te compreendas assim.
Meu filho não te desvias
Se você retém a expressão,
atiras mirando na direção da raiz escura do êxtase.
Descartando nome, forma, vista e tensão
Incluindo nesta consciência elevada;
Atravesso o teu coração! Te digo aqui:
Tu és o Mestre. Eu honro teu explendor
que passeia livre.
Oh! Irmão da Estrela de Prata.
 Amor é a lei, amor sob vontade.
(Aleister Crowley)

Nenhum comentário:

Postar um comentário