quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Notas do Caibalion



Os princípios da verdade são sete; aquele que os conhece perfeitamente, possui a chave mágica com a qual todas as portas do templo podem ser abertas completamente. 

CAIBALION

Os sete princípios em que se baseia toda a filosofia hermética são os seguintes:

1. O Princípio de Mentalismo "O TODO é MENTE; o Universo é Mental."

2. O Princípio de Correspondência "O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima."

3. O Princípio de Vibração "Nada está parado; tudo se move; tudo vibra." 

4. O Princípio de Polaridade "Tudo é Duplo; tudo tem pólos; tudo tem o seu oposto; o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meia verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados."

5. O Princípio de Ritmo "Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação."

6. O Princípio de Causa e Efeito "Toda a causa tem seu efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado a uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à Lei."
  
7. O Princípio de Gênero "O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos."


A Transmutação Mental

 

"A Mente pode ser transmutada de estado em estado, de grau em grau, de condição em condição, de pólo em pólo, de vibração em vibração. A verdadeira transmutação hermética é uma Arte Mental." - CAIBALION

A palavra Transmutar significa mudar de natureza, forma ou substância, em outra; transformar.

Transmutação Mental significa a arte de transformar e de mudar os estados, as formas e as condições mentais em outras. A Transmutação Mental pode ser considerada como arte de mudar as condições do Universo.

O TODO

 

"Sob as aparência do Universo, do Tempo e do Espaço e da Mobilidade, está sempre encoberta a Realidade Substancial: a Verdade fundamental." - CAIBALION

A Substância é aquilo que se oculta debaixo de todas as manifestações exteriores, a essência, a realidade essencial, a coisa em si mesma.

Substancial é aquilo que existe atualmente, que é elemento essencial, que é real.

A Realidade é o estado real verdadeiro, permanente, duradouro, atual de um ente.

Debaixo e dentro de todas as aparência ou manifestações exteriores, sempre houve uma Realidade Substancial. Esta é a Lei.

Todos os pensadores compreenderam a necessidade de ser admitida a existência desta Realidades Substancial. Os homens deram a esta Realidade Substancial muitas denominações.

A exemplo dos Mestres Hermetistas designaremos esta Força Oculta, esta Realidade Substancial sob o nome de O TODO. Termo mais compreensível para designar AQUELE que excede todos os nomes e todos os termos.

É natureza íntima do TODO ser Incognoscível, isto é, ninguém pode compreender pelo próprio TODO por a natureza e a existência dele. Os Hermetistas pensam e ensinam que o TODO, em Si mesmo, é e será sempre Incognoscível.

"AQUELE que é a Verdade Fundamental, a Realidade substancial, está fora de uma verdadeira denominação, mas o sábio chama-o O TODO." - CAIBALION

"Na sua essência, O TODO é INCOGNOSCÍVEL." - CAIBALION


A razão humana, cujos testemunhos devemos aceitar ao raciocinar sobre alguma coisa, nos diz o seguinte a respeito do TODO:

1.O TODO é Tudo o que é Real. Nada pode existir fora do TODO, porque do contrário o TODO não seria mais o TODO.

2.O TODO é Infinito, poque não há quem defina, restrinja e limite o TODO. É Infinito no Tempo, ou Eterno; existiu sempre, sem cessar; porque nada há que o pudesse criar, e se ele não tivesse existido, não podia existir agora; existirá perpetuamente, porque não há quem o destrua, e ele não pode deixar de existir, porque aquilo que é alguma coisa não pode ficar sendo nada.

3. O TODO é Imutável, ou não está sujeito a ser mudado na sua natureza real, nada há que possa operar mudanças nele, nada há em que possa ser mudado nem nada que tenha sido mudado. Não pode ser aumentado nem diminuído, nem ficar maior ou menor, seja qual for o motivo. Ele sempre foi e sempre será tal como é agora.

O TODO sendo Infinito, Absoluto, Eterno e Imutável, segue-se que tudo que é finito, passageiro, condicional e mutável não é o TODO. E como não há nada Real fora do TODO, todas as coisas finitas não são Reais.

O TODO é a Infinita Mente Vivente; o Iluminado chama-a ESPÍRITO!

O Universo mental

 

"O Universo  é Mental: ele está dentro da mente d'O TODO." - O CAIBALION

O TODO é Espírito! Mas o que é Espírito? Espírito é um simples nome que os homens dão ás suas mais elevadas concepções da Infinita Mente Vivente; esta palavra significa a Essência Real; significa a Mente Vivente, tão superior à Energia mecânica e à Matéria. O Espírito é superior ao nosso entendimento, e só empregamos este termo para podermos falar do TODO.

Conforme o Princípio de Correspondência, temos razão de considerar que O TODO cria mentalmente o Universo, de um modo semelhante ao processo pelo qual o Homem cria as Imagens mentais. O TODO não pode criar de outro modo senão mentalmente. O Universo, e tudo o que ele contém, é uma criação mental do TODO. O TODO é um, e o Universo é gerado, criado e existe na sua Mente Infinita. 

Enquanto que para o TODO Infinito, o Universo, as sua Leis, as suas forças, a sua Vida e os seus fenômenos, são como pensamentos presentes no estado de Meditação ou Sonho; para tudo que é finito, O Universo deve ser considerado como Real, e a vida, a ação e o pensamento devem ser baseados nele, de modo a concordar com um preceito de Verdade superior; cada qual concordando com seu próprio Plano e suas leis. Ao mesmo tempo que o Universo não existe,  Ele existe. 

Ao passo que para o TODO o Universo é irreal e ilusório, um simples sonho ou resultado de meditação; para as mentes finitas que fazem parte deste mesmo Universo e o observam através das suas faculdades, ele é verdadeiramente real.

Um comentário:

  1. Enquanto o homem não realizar a transmutação mental ainda estará sujeito a todo tipo de infortúnios mundanos, fraqueza espiritual e miséria mental, ainda sim, mesmo depois de anos "procurando" é difícil realizar a grande obra, os antigos tinham as chaves secretas, por vezes é falado de um tempo onde todos os atributos dos mestres eram de conhecimento e práticas comuns, hoje parece que o homem perdeu contato com seu ente divino.

    ResponderExcluir